Câmara municipal de Nova Resende MG A+  
A-  
A 
Buscar no site:

Destaques da Reunião


Em 20/03/2018 - Destaques da Reunião

Principais assuntos debatidos na reunião ordinária do dia 17 de março.

REPAROS EM ESCOLA E IPREVIM

Através de indicação ao Executivo, o vereador Lucimar Madeira (PSC) solicitou providências urgentes de reparo na Escola Municipal Lolo Madeira, do bairro Rural Serra, devido às precárias condições que a mesma se encontra, principalmente no telhado. Ele afirmou que indicação tem por finalidade atender reivindicações do povo.

Lucimar Madeira também agradeceu deputado federal Carlos Melles pela destinação de um caminhão pipa ao município, argumentando que a ação muito contribuirá nos serviços de estradas de rodagem. Contou que esteve conversando por telefone com o assessor do deputado federal Rodrigo Pacheco que reafirmou a liberação de recursos para o município a fim de ser empregado na obra do Polo da saúde, sendo que o valor de 100 mil reais já foi liberado e também será liberado outro valor num montante de 250 mil.

O vereador ainda comentou sobre o impasse do IPREVIM-NR, quando foi comentado sobre a liminar dando conta que que quem assumiria a Presidência era o Pedrinho. Esclareceu que ainda não tem nada oficial, pois o Juiz determinou que voltasse o Presidente Salvador José Júlio, até que que o processo seja julgado, porque assessoria do IPREVIM-NR entrou com pedido contestando a liminar, até que sai oficialmente quem é o Presidente (Salvador e o assessor jurídico Dr. Moises). Pois com a lei complementar anterior, o Presidente era nomeado através do Conselho, onde os mesmos elegeram Sebastião Pacheco e com este impasse o Juiz deu parecer para que o Salvador seja o Presidente até que resolva. Para Lucimar, o presidente do Instituto deveria ser escolhido pelos servidores, pensionistas e aposentados, classe interessada que defende seus interesses. Argumentou que hoje o instituto encontra-se em ótimas condições com seus rendimentos muito bem em dia e grandes fundos para os servidores públicos municipais.

 

MARIELLE FRANCO

A vereadora Cleide Imaculada de Oliveira Coelho (PT - “Cleide do PSF) comentou que desde o descobrimento, o Brasil teve como marca a diversidade de seu povo de portas abertas. Imigrantes refugiados encontram aqui, geração pós geração, acolhimento para serem brasileiros. O país tem diversidade de culturas, raças e etnias que correm nas veias. E nessa globalização, o país se desenvolve através de várias formas de sociabilidade e identidade de novas ideias. E foi nessa identidade construída solidaria, invisível, de perfeita, fragmentada, fora dos centros urbanos, sem estruturas e políticas públicas, que Marielle Franco falou. Não queria o isolamento, apenas criar uma identidade coletiva, com significados institucionais, organizando os papéis e as funções sociais dos indivíduos e dos grupos. Mas antes de ver seus sonhos realizados partiu, abruptamente. Sugeriu uma reflexão de forma questionadora. “Para onde estamos indo, mesmo sendo era digital, dá sensação que estamos regredindo, em nossa civilização, ao invés de avançar, numa discrepância de distanciamento de nossa democracia. E só com a permanência da Democracia em nossa nação é que poderemos considerar iguais, essa tarefa nos pertence”, disse.

 

APROVADOS

Foi colocado em discussão e votação, o projeto de Emenda à Lei Orgânica Municipal 001/2018 dispondo sobre modificação de dispositivo na Lei Orgânica Municipal. O vereador Lucimar Madeira argumentou ser contra que poderia cortar também mais quinze dias iniciando o período no dia 01 de fevereiro e não no dia quinze. Colocado em votação, o projeto foi aprovado com 06 votos favoráveis e 02 contrários dos vereadores Lucimar Madeira e José Pedro da Silva.

Também foi colocado em votação, o projeto de Resolução 001/2018 dispondo sobre modificação de dispositivo do Regimento Interno. O vereador Lucimar argumentou ser contrário ao projeto com a mesma justificativa da proposta de Emenda a Lei Orgânica Municipal.  Colocado em votação, o projeto foi aprovado com 06 votos favoráveis e 02 contrários dos vereadores Lucimar Madeira e José Pedro da Silva.

(Fonte: Ata Oficial do Legislativo)